TV/Escola – Salto para o Futuro

Carazinho/39ª CRE

Escola Estadual de Ensino Fundamental Manoel Arruda Câmara

"Contação de Histórias:Encantamento que pode levar à Educação"

 

Endereço: Rua Guaranis, 62.

Bairro: Laranjal

Cidade: Carazinho/RS

CEP: 99.500.000

Fone: 3331-2134

Diretora: Tereza Avozani

Filosofia da Escola: a missão da E.E.E.F.Manuel Arruda Câmara baseia-se na formação de cidadãos responsáveis, conscientes e fraternos.

A escola funciona nos três turnos:

Nº total de alunos:508

Nº de alunos turno da tarde: 206

Nº de Professores: 34

Nº de Professores do turno da tarde: 09

Nº total de funcionários: 11

Nº de sala de aula: 09

            A escola possui nove salas de aula, uma sala de leitura, cozinha, banheiros de uso de alunos, 2 banheiros para o uso de professores, sala dos professores, sala da direção, sala da coordenação, sala de orientação.

Coordenação Pedagógica:

Manhã: Ana Rúbia Bonamigo

Tarde: Mônica Mazzutti Colognese

Noite: Inamara Tereza Marques.

Orientação:

M/T/N – Lisiane Kipper d’Ávila

Oficina: Hora da História

Contar Histórias: encantamento que pode levar à educação.

Período: semanal, dois primeiros períodos de aula.

Dia da Semana: quinta-feira

Carga Horária: 18 encontros - 40 horas.

Objetivo Geral:

Desenvolver a capacidade de refletir sobre a vida própria e a dos outros, da imaginação, da percepção, do hábito de ouvir, de interpretar, da concentração, do gosto pelas histórias, contos, lendas, mensagens e, sobretudo adquirir o hábito da leitura.

 

Objetivos Específicos:

 

 

Metodogia:

-Utilização de vídeos da Tv/Escola e Salto para o Futuro na contação de histórias e construção de projetos interdisciplinares a partir dos temas das histórias.

 

Técnicas:

.Utilizar as ilustrações do próprio livro;

.Criar outros estímulos visuais com objetos e figuras:

.Usar estímulos auditivos para acompanhar a narrativa, como músicas, frases, palavras repetitivas e interessantes; alterar o timbre da voz ao contar:

.Variar o repertório com estilos diferentes de histórias: engraçadas, de aventura, de amor, de suspense, de fadas...

 

Tarefas dos Alunos:

 

Desenvolvimento das Aulas:

 

Dia 08 de junho de 2006.

Turmas: 1ª série A - alunos

                1ª série B - alunos  

O quê? Hora da História

  >  Acolhida e auto-apresentação da professora e dos alunos.

  >   Apresentação da Série co-produzida pela PV/Escola, baseada no livro do escritor ZIRALDO, que conta as aventuras e descobertas das várias etapas da vida de seu mais famoso personagem, O Menino Maluquinho.  A série que será apresentada é: Eu não sei arrumar, eu só sei bagunçar.  Convicto de sua bagunça, aos dez anos, o Menino Maluquinho acaba se prejudicando por causa da bagunça do seu quarto. Por fim entende o valor da organização. Com 5 anos, o Menino Maluquinho recebeu a visito do amigo Leandro e de sua babá autoritária que não os deixou fazer nada.

 

  

 > Apresentação do vídeo: Programa 1. EU NÃO SEI ARRUMAR, SÓ SEI BAGUNÇAR.

 

 > Questionamento e debate sobre o vídeo:

 

· Gostaram do vídeo? Quem quer colocar o que mais gostou?

· Vocês pensam que as coisas funcionam melhor na organização ou na bagunça?

 O que você pensa sobre isso?

· Que coisas que as mães dizem que são para o seu bem?

·  Regras são para quê?

·  E vocês bagunçam e arrumam as suas coisas?

·  O que as formigas nos ensinam?

·   Quem já conhecia a organização das formigas?

·   O que as crianças devem fazer diariamente?

·    Como vocês fazem os temas de casa?

 > Após essa discussão os alunos farão um desenho numa folha sobre o que mais gostaram do vídeo.

 

Considerações do Encontro:: as crianças receberam com muita alegria esta nova proposta da HORA DA HISTÓRIA. Somente três alunos conheciam esta história. Após a discussão sobre o vídeo os alunos desenharam numa folha, que por sinal esse trabalho ficou  muito bom. Estes desenhos foram organizados num painel e foram expostos no NTE e posteriormente foram colocados nos corredores da Escola para a comunidade escolar prestigiar os trabalhos realizados na Hora da História. (foto painel do NTE)

 

Dia 22/06/06 – quinta-feira

Turmas: 2ª série – turmas 21 e 22

O quê? Vídeo – Série: O Menino Muito Maluquinho – Eu não sei arrumar, eu só sei bagunçar.

Metodologia: a mesma aplicada nas turmas da 1ª série.

Considerações do Encontro: alunos foram muito receptivos com a história. Um aluno já havia assistido o programa e estava radiante. Os demais assistiram com disciplina e realizaram muita bem a tarefa que lhes foi colocada:  escrever na folha o que mais gostou do filme e completar com um desenho correspondente. São alunos calmos e desenham muito bem. Aliás, alunos calmos fazem bons trabalhos.

 

Dia: 29/06/06 – quinta-feira

Turmas: 3ª série – turmas 31 e 32;

O Quê? A mesma programação

Considerações do encontro: fiz esse trabalho com as duas turmas juntas. A turma me acolheu com muita alegria e durante a minha fala, escutaram atentamente. È um grupo bom e criativo. No momento do vídeo foi um silêncio total. Colaboraram e participaram no momento do debate, uma menina colocou muito bem que é importante também a criança ter seu espaço de brincar e ser respeitada neste momento. No momento da tarefa que era para escrever, desenhar sobre o que mais gostou, gerou conversas  e um pouco de tumulto. Desafiei-os a falar mais baixo em vez de falar em tom de voz alta... Por uns momentos eles conseguiram ficar conversando mais baixinho, mas só por pouco tempo.

 

Dia 03/07/08 – quinta-feira

Turmas: 4ª série 41 e 42

O quê? A mesma programação.

Considerações do encontro: trabalhei com as turmas separadas. A turma recebeu com alegria esta proposta de contar histórias, ver vídeos, ou seja, um momento cultural diferente. O primeiro grupo, a turma 41 ilustrou em forma de desenho e um comentário sobre o que mais gostou do vídeo.  O grupo estranhou o silêncio no momento da aula, do encontro, esta fala foi de um menino que nas aulas é muito agitado. Estranhou até a sua calma. Aproveitei o momento para colocar que este é um dos objetivos da contação de histórias

 

Dia 13/07/06- quinta-feira

Turma: Jardim

Vídeo: Eu não sei arrumar, eu só sei bagunçar.

Considerações do encontro: Boa acolhida do grupo e boa participação na produção de desenhos.

 

 

   Dia 03/08/06 – quinta-feira

   O quê? Leitura do livro: O Menino Maluquinho de Ziraldo.

   Turmas 11 e 12

   Considerações do encontro: As crianças acolheram com alegria, gostaram da panela e da 

   roupa que vesti para ler o livro. Na turma 11 li até a página 37 e na turma 12, li até a 

   página 47. Os alunos participam com alegria, questionamentos...  (clique para ver foto)

 

  Dia 17/08/06 – quinta-feira
  Turma: 11 e 12.

  O quê? Continuação leitura livro: O Menino Maluquinho de Ziraldo.

  Considerações do encontro: Com o grupo 11 a receptividade foi melhor do que a 12 a turma 12 é bastante agitada, mas já estava melhor que na primeira vez. Ainda  tem paciência para escutar.

 

   Dia 19/08/06 – Sábado.

   O quê? Festa para os Pais.

     Oração Pai-CD Gabriel Chalita.

     Canto: Oração da Família.

     Abraço de paz, Oração do Pai-Nosso de mãos dadas e bênção final das famílias.

   Considerações do encontro: foi gratificante esta experiência de levar uma mensagem para os pais desta escola, nesta data tão especial. (clique para ver foto)

 

 Dia 24/08/06 – Quinta-feira
 O quê? 
Apresentação do Projeto com as séries 3ª e 4ª

 Dia 25/08/06 – Sexta-feira – Apresentação Projeto com as turmas 1ª e 2ª séries.

 Considerações do Evento e do Projeto: Crianças, professores, convidados, pais, reunidos no pátio da escola, lugar apropriado para a abertura do evento que teve um momento de discursos. Após os discursos, houve a apresentação teatral sobre a história do livro: Os Cinco Presentes Seed Editorial, de Aurélio de Oliveira. Muito linda a apresentação. Após a abertura, a diretora homenageou as professoras que trabalharam neste projeto, os alunos e o NTE. Em seguida, todos foram convidados para apreciarem a exposição dos sentidos nas salas de aula que foram muito bem organizadas e relatadas na página do Projeto,

            As turmas 41 e 42 realizaram degustação de alimentos doces, azedos, ácidos, para demonstrar o Sentido Paladar. (clique para ver foto)    as demais oficinas foram relatadas na página acima citada do Projeto.
                                                    (clique para ver foto)

           

 

  Dia 31/08/06 – Quinta-feira

 O quê: Contação de história na turma 21 - 2ª série. O Menino Maluquinho de Ziraldo.

 Considerações do Encontro: turma alegre descontraída participou da história contando também suas histórias de vida, conforme a mesma era relatada, cada um queria contar algo. Sempre dou este espaço a eles é importante ele se identificar com o personagem da história que também tem suas experiências de vida.


 Dia 21/09/06 – Quinta-feira

 O quê: Contação de história na turma 22 – 2ª série. Como nas outras turmas caracterizei-me de Menino Maluquinho, com a panela na cabeça, o lençol azul e sapatos, foi a maior curtição para as crianças. As crianças participaram, interagiram, se alegraram, riram. Realizaram desenhos e falas significativas do livro.Algumas colocações das crianças, junto com o desenho:

>  Eu gostei da parte que o Menino Maluquinho atacou a bola e caiu de cabeça no chão (Fernando Luiz Junior).

Eu gostei quando ele fez corações nas árvores ( Rabieli).

> Achei legal a parte que o Menino Maluquinho fez o relógio ir até o nº 20. (Eduarda Marins Ferret).  (clique para ver foto)

 

 Dia 28/09/06 – Quinta-feira

 O quê: Contação de história na turma 31 – 3ª série.Foi ótimo esse encontro. Gostaram de ver a professora vestida de Menino Maluquinho. Os alunos muito receptivos, alegres, dinâmicos, questionadores. Fizeram lindos desenhos e falas significativas:

> Eu gostei da parte que o Menino Maluquinho queria parar no tempo (Cassiano).

> Eu achei muito legal a história, agora eu descobri porque ele é maluquinho. E eu descobri que ele é muito inteligente. Também que ele tem muito amor pelas coisas e o pelo pai dele, e pela mãe dele e pelo vô dele e pela mãe dele (Suelem Marini).

> Eu gostei quando o Menino Maluquinho chegou voando em casa, quando ele fez um foguete para subir ligeiro no quarto e quando ele desenhou um sol, porque não tinha sol, gostei quando ele fez um relógio do número 1 ao 20. gostei também quando o Menino Maluquinho cresceu (Gabrieli).

 

 Dia 19/10/06 – Quinta-feira

 O quê: Contação de história O Menino Maluquinho na turma 32 – 3ª série. As crianças ficaram encantadas em ver a professora vestida de Menino Maluquinho para contar a história. Foi muito interessante a interação/identificação com o personagem e as situações de vida do mesmo. Teve um menino que cochichou: “eu queria ser como o Menino Maluquinho”  interrompi a história e falei a ele: diga sempre:  “Eu quero ser...” No final da história eles aplaudiram! Foi emocionante! Como tarefa esse grupo realizou um texto relatando o que mais gostaram. Entre tantos textos destaco dois de uma menina e de um menino:

O Menino Maluquinho

            O Menino Maluquinho é muito legal e também é muito esperto. Eu gosto muito do Menino Maluquinho porque ele tem 10 namoradas, meu Deus. Eu também gostei da parte que ele é o menor da sala de aula e ele também é bonitinho e faz nós dar risada. Ele é muito engaçado. Eu também gostei muito das histórias que eu ouvi. Eu achei também engraçado que ele usa uma panela na cabeça e um casaco azul. E ele tem tempo para tudo. Para brincar, estudar e ir para a escola (Gabrielli dos Santos).

 

O Menino Maluquinho

            Olá eu sou O Menino Maluquinho eu sou louquinho por carros. Eu tenho o olho maior que a barriga. Eu tenho fogo no rabo, as pernas maiores que o mundo e tenho macaquinho na cabeça. Adivinhe quem sou? Quem não sabe saberá, se eu contar(Matheus S).

 

 Dia 26/10/06 – Quinta-feira

 O quê: Contação de história O Menino Maluquinho na turma 41 – 4ª série.Os alunos demonstraram ótima postura ao ouvir a história. Realizaram lindos trabalhos plásticos que foram expostos em painéis aqui no NTE e depois na escola dos alunos.  (clique para ver foto)

 

 Dia 09/10/06 – Quinta-feira

 O quê: Contação de história O Menino Maluquinho na turma 42 – 4ª série. Os alunos participaram do memento com interesse, interagindo com a história e alguns quiseram colocar a panela na cabeça. Desenharam com criatividade o que mais gostaram da história. Com esses desenhos foi montado um painel bem como das outras turmas. O mesmo ficou exposto no NTE e depois foi levado e exposto na escola dos alunos.

 

 Dia 16/11/06 – quinta-feira:

 O quê: Contação de história: Feliz Natal.

Tema: Natal – felicidades e decepções no Natal. Aos 5 anos, o Menino Maluquinho ainda acreditava em Papai Noel. Aos 10, ele aguarda um presente que não vem.

            Antes de passar o vídeo perguntei a eles se acreditavam em Papai Noel, se gostavam de ganhar presentes, e a festa de Natal é para comemorar o quê?

            Este episódio foi apresentado para duas turmas de 2ª série: 21 e 23. As crianças ficaram encantadas com a história e algumas questionaram a existência do Papai Noel. Vibraram com as situações em que o Menino Maluquinho descobriu que o Papai Noel era seu pai. Gostaram da maneira de como o Menino Maluquinho fez um brinde ao aniversariante da festa de Natal – o menino Jesus.

 

 Dia 30/11/06 – Quinta-feira

 O quê: Avaliação da Oficina Contação de Histórias.

            Foram escolhidas três turmas para a avaliação: 22, 32 e 41. Os alunos responderam duas perguntas:

> Com as histórias do Menino Maluquinho eu aprendi?

> Ouvir e contar histórias é?

 

Registro algumas respostas significativas dos alunos com referência a primeira questão.

> Com as histórias do Menino Maluquinho eu aprendi:

>    Muita coisa legal porque é bom ler(Robieli Mattos da Silva, turma 22)

 Eu aprendi a imaginar(Johana, turma 22)

>    Eu aprendi a ler e respeitar (Thomas, turma 22)

>   Eu aprendi que tem que ser educado e responsável (Guilherme, turma 32)

>   Eu aprendi a arrumar a bagunça(LucasS.Carvalho,turma 32)

>   Ser organizado, ouvir, e ficar em silêncio (Cristian, turma 32)

>   A ler mais (Everton dos Santos, turma 32)

>   Ser mais organizada, ouvir mais e ser mais inteligente (Claudia K.de Souza)

>   Ter postura, comer direito, ter modos (Daiane S.da Silva, turma 32)

>   A saber, confiar mais nos nossos pais, respeitar muito os mais velhos(Gabrielli dos Santos, turma 32)

>    Aprendi a brincar, estudar e não teimar, (turma 32)

>    Eu aprendi coisas boas que o Menino Maluquinho me passou através do filme e livro (Mateus Ricldes Fontoura, turma 32) Nunca se pode teimar com os pais (Gena Montagna Aguiar, turma 4

>   A gente cresce e fica adulto um dia (Yur Ribeiro, turma 41).

>  Aprendi que a gente deve ser inteligente (Guilherme de Quadros, turma 41).

>   Que tem que arrumar as bagunças e ser legal (não se identificou, turma 41).

É aprender a ouvir e ler (Carin, turma 41).

>  Bom eu aprendi que viver na bagunça é muito ruim e tem que viver sempre em ordem (Alexandra Estefani Americano, turma 41

 

Ouvir e contar histórias é:

Interessante para imaginar(Edilio, turma 22)

 > Ouvir e contar histórias é escutar sem barulho e aprender mais (Luiza Jacobsen Ritta, turma 32)

 >  Ficar em silêncio e respeitar os outros (Cristian, turma 32)

 Aprender a respeitar (Gabriel Martins de Oliveira, turma 32)

 Não brigar, respeitar os mais velhos e não ser teimoso (Eduardo, turma 32)

 É sonhar acordado e tem que saber ouvir (Claudia K.de Souza, turma 32)

  Educar, contar e ouvir(Daiane da Silva, turma 32)

 É ter respeito e é viajar no tempo (Matheus S., turma 32)

   Legal quando tem gente contando, nós temos que escutar(Gabrielli dos Santos, turma 32)

  Entrar num mundo mágico (Gean Montagna Aguies,turma 41)

 Ouvir e contar histórias é muito divertido(Nauê, turma 41).

 É muito interessante interativo e legal (Antonio Ilvo Santos Schnidt, turma 41).

 >  Muito legal porque a gente aprende muito. E também é preciso aprender a escutar e também saber esperar a sua hora de falar (Alexandra Estefani Americano, turma 41)

 

Avaliação Geral da Oficina "Contação de Histórias"

 Contar histórias: Encantamento que pode levar à educação.

 

"O mesmo homem dá às suas próprias palavras um sentido que muda de acordo com os seus pensamentos e humores e com as imagens que acaba de associar." (Gurdjieff) 

 

 Os episódios do Menino Maluquinho que as crianças assistiram proporcionou a eles uma aula diferenciada, uma nova proposta de literatura infanto juvenil, através da mídia televisão. Pelos depoimentos pode-se vislumbrar o encantamento deles,  os momentos em que eles se identificaram com os personagens e uma nova re-leitura que os mesmos realizaram a partir das episódios, trazendo presente os conflitos de suas vidas e como solucioná-los, sobretudo tendo presente a participação da família nestas ocasiões. Muitos a partir desta oportunidade criaram o  hábito em casa,  de assistir outras séries veiculadas na TV/Escola e na TVE/Brasil. Foi interessante a procura do livro "O Menino Maluquinho" onde   alguns alunos  resgataram em suas próprias  casas  ou adquiriram na biblioteca para leitura.